PUBLICAÇÕES CIENTÍFICAS

As evidências, as competências e habilidades, as experiências e a ética são componentes essenciais que devem estar integrados na prática da medicina ou de qualquer área de atuação em saúde. Na prática diária da medicina e áreas da saúde, as tomadas de decisões devem ser baseadas em evidências científicas, e a “medicina baseada em evidências” vem sendo cada vez mais aplicada como o elo entre a pesquisa científica e a prática clínica.

A medicina baseada em evidências define-se como o processo de tomada de decisões em saúde, baseado em resultados de pesquisas científicas. Não apenas a tomada de decisão do médico em relação à melhor conduta quando está diante do paciente, mas no sentido mais amplo, onde se incorpora todos os princípios, recursos e pessoas envolvidas.

Por este motivo, a pesquisa científica torna-se um componente imprescindível e diretamente ligado à prática clínica, assim como a capacidade reflexiva para analisar dados e evidências científicas passam a ser competências básicas do profissional de saúde contemporâneo.

A globalização e o acesso a informação permitem ao profissional da saúde praticar a medicina baseada em evidências. Entretanto, frente a um processo de constante atualização e rápido aumento da informação científica, a capacidade de reflexão crítica é essencial para se identificar pesquisas científicas de boa qualidade e com resultados confiáveis, para que a tomada de decisão clínica seja mais acurada e científica, e menos empírica.

Diante desta realidade, a prática da pesquisa científica torna o profissional capacitado para tais habilidades, e esta atividade é traduzida na publicação de artigos científicos em periódicos e apresentação dos trabalhos científicos em congressos e simpósios. Além disso, os bons resultados da prática clínica aparecem como conseqüência da evolução científica.

O Brasil, nos últimos anos vem aumentando consideravelmente sua publicação científica de impacto no mundo, visto que, da década de 80 até atualmente, mais que quintuplicou a publicação de artigos científicos em periódicos internacionais. Este fato reflete o aumento do número de profissionais qualificados para a pesquisa (mestres e doutores), que também triplicou nos últimos dez anos, e os profissionais da equipe da CEMISE- VIDA/CLIFERT fazem parte desta estatística.

A CEMISE- VIDA/CLIFERT faz parte da evolução da pesquisa científica brasileira, pois conta com profissionais titulados mestres e doutores em todos os setores ligados a prática clinica e laboratorial. Ainda estimula a participação dos profissionais em atividades científicas como congressos e simpósios para atualização e realiza pesquisa científica de forma ética e sistematizada.

Desde 2001, a CEMISE- VIDA/CLIFERT participa de eventos locais e regionais, promove cursos e organiza eventos científicos nas diversas de atuação. A partir de 2007, a CEMISE- VIDA/CLIFERT vem apresentando os resultados das pesquisas científicas em congressos organizados pelas mais renomadas sociedades médicas e laboratoriais, como American Society for Reproductive Medicine, Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida, Sociedade Brasileira de Urologia, Sociedade Brasileira de Patologia Clínica e Medicina Laboratorial e Sociedade Brasileira de Análises Clínicas. Em 2009 a CEMISE- VIDA/CLIFERT a passou publicar os resultados dos trabalhos científicos em periódicos internacionais.

A CEMISE- VIDA/CLIFERT pretende nos próximos anos aumentar ainda mais o desenvolvimento de pesquisas científicas e consequentemente sua produção científica, e estimular os profissionais da equipe a se desenvolverem na prática da ciência a fim manter-se atualizados e capacitados, o que proporcionará, portanto melhores resultados clínicos aos pacientes.

ACESSE NOSSAS REDES SOCIAIS