PALC e ISO na Cemise

O que é a Acreditação de Laboratórios Clínicos?

Acreditação é um processo voluntário em que uma instituição, governamental ou não, avalia um laboratório através de uma auditoria e determina se ele atende a requisitos predeterminados para exercer as tarefas a que se propõe. Dentre vários objetivos esse processo pretende garantir a qualidade dos serviços prestados.

Os requisitos são fundamentados em normas específicas de qualidade que contemplam as atividades laboratoriais - por exemplo: atendimento à legislação vigente, atendimento ao cliente, realização de exames, validade dos reagentes e produtos utilizados, calibração de aparelhos, rastreabilidade do processo, capacitação da equipe e outros.

Atualmente, a acreditação no Brasil não é obrigatória. O laboratório pode escolher o órgão acreditador, baseando-se em sua credibilidade, experiência e no conhecimento técnico de seus auditores. Estes incentivam a equipe do laboratório, a alta direção e gerência a alcançarem níveis cada vez mais elevados de qualidade e melhoria contínua.

 

O que é o PALC?

A segurança do paciente tem recebido especial atenção de várias entidades nacionais e internacionais nos últimos anos, especialmente após a publicação do trabalho denominado “Errar é humano” (“To err is human”), em 2000, pelo IOM. Nele, estimou-se entre 44.000 a 98.000 mortes anuais consequentes a eventos adversos ocorridos nas instituições de saúde, o que tornou o tema uma questão de saúde pública (IOM, 2000). Segundo a OMS (2009), a segurança do paciente é definida como “a redução, a um mínimo aceitável, do risco de dano desnecessário associado ao cuidado de saúde”.

Neste cenário nasceu o PALC - Programa de Acreditação de Laboratórios Clínicos, que foi criado pela Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/ Medicina Laboratorial (SBPC/ML) em 1998, seguindo a tendência mundial do setor, com o objetivo de auxiliar no desenvolvimento da qualidade dos laboratórios clínicos no Brasil.

Sua evolução cresceu até tornar-se o maior programa latino-americano de acreditação laboratorial, graças a suas características e a seu corpo de auditores, especializados e com grande experiência na atividade laboratorial. Esta evolução exige atualização permanente, não só do corpo de auditores, mas também da norma propriamente dita.

O objetivo fundamental do PALC - Programa de Acreditação de Laboratórios Clínicos é garantir um sistema capaz de proporcionar a melhoria contínua da qualidade dos serviços prestados pelos laboratórios, através da educação continuada e do atendimento aos requisitos da norma introduzindo o conceito de controle de qualidade em laboratórios clínicos no Brasil, e seu programa representa a continuação de um longo histórico de apoio a melhoria da qualidade dos laboratórios clínicos.

O PALC - Programa de Acreditação de Laboratórios Clínicos utiliza auditorias periódicas para verificar a conformidade com os itens da norma. Os auditores são profissionais de nível superior da área de análises clínicas, de formação que tenha reconhecimento nacional para atuar como responsáveis técnicos em laboratórios clínicos. O PALC avalia o laboratório como um todo e não em certas disciplinas, setores ou funções, garantindo assim que o fluxo inteiro do processo está conforme o controle de qualidade exigido.

Para um laboratório clínico é de extrema relevância a certificação PALC, que referenda e atesta o controle de qualidade em todas as fases do processo, assegurando a qualidade do serviço prestado.

 

Norma ISO 9001 - O que é e como funciona

O Sistema de Gestão da Qualidade tem o foco em gerenciar as necessidades e expectativas do Cliente garantindo a sua máxima satisfação. Seguindo o modelo de hierarquia de níveis organizacionais, iniciando no nível estratégico, passando pelo tático até o operacional, é necessário compreender que a decisão de implementar a norma ISO 9001 inicia sempre na direção.

A norma pode ser implementada em empresas que atuam na fabricação de produtos ou na prestação de serviços.

Os requisitos são definidos para a gestão de uma empresa e não para a forma específica como um produto deve ser composto e entregue, ela pode ser aplicável em um laboratório ou numa fábrica de peças para a indústria automotiva. Diferentes empresas poderão ter desempenhos e produtos diferentes, mas mesmo assim ambas podem ser certificadas na norma ISO 9001.

Então, seja lá qual for o seu propósito e a empresa em que pretende implementar os requisitos desta norma, ela certamente poderá ajudar a melhorar continuamente a qualidade dos seus produtos e serviços e a satisfação dos seus Clientes.

Ela também é uma norma auditável, isso quer dizer que depois de implementado o Sistema de Gestão da Qualidade vai ser auditado para verificar se o mesmo se encontra conforme a ISO 9001. Em caso positivo, a empresa recebe um certificado de conformidade, o tão esperado certificado ISO 9001, que é válido no Brasil e em qualquer outro lugar do mundo.

 

Na CEMISE

Por conta da preocupação constante com a Qualidade de nossos resultados e Satisfação de nossos Clientes, a CEMISE é certificada no padrão ISO 9001:2008 e PALC desde 2011 no que tange escopo contemplando as atividades:

• Laboratoriais: Hematologia, Bioquímica, Imuno-Hormônios, Urinálise, Parasitologia e Microbiologia;

• Apoio: Atendimento, coleta, distribuição e transporte de amostras, laudos, lavagem de material e esterilização, higienização, aquisição/almoxarifado, recursos humanos, tecnologia da informação.

ACESSE NOSSAS REDES SOCIAIS